Boa tarde! Segunda, 27/Mai./2024

Armando e a Leitura Sem Fim

Quarta, 27 de Set. de 2023
Fonte: Armando Barraco

Olá amiguinhos!!! Tudo bem com vocês??? E quem achava que a temperatura iria esfriar com o passar dos dias, se enganou redondamente... Segundo interceptação telefônica do decrepito SRII – Serviço Regional de Informações Internéticas – tem vereador que não está nem conseguindo abastecer seu possante tranquilamente, sem ser interpelado pela população, esse abasteceu rapidinho e fugiu do povo...

Pra quem achou que a revoltar teria um fim próximo, parece que não são boas as projeções...

Falando em coisas sem fim, vamos ao terceiro episódio da nossa saga de cassação: Armando e a Leitura Sem Fim...

Todo mundo que passou pela juventude nos anos 90 certamente assistiu na Sessão da Tarde as aventuras do jovem Atreyu, protagonista do filme História Sem Fim... Se não conhece dá um Google e descubra, o filme vale muito a pena...

Já falando da nossa Sessão Sem Fim, ou melhor, Leitura Sem Fim do processo de cassação do Vereador Paulo “Ressonância” Andrade, que durou cerca de 13 horas de leitura, sem contar as interrupções das tretas que aconteceram...

Como podemos ver na foto ilustrativa, na tentativa de cansar a plateia a leitura sem fim também cansou os nossos nobres vereadores... Não foi só a comunista que deu uma “pescada”, o Vereador Eduardo “Sangue nos Zóio” Shigueru também foi flagrado flertando com Morfeu em sua confortável cadeira... Há quem diga que até o decano da casa, Ribeirão, foi visto descansando os olhos...

Outros vereadores sumiam da leitura por longos períodos... Será que foram aos gabinetes dar aquela cochiladinha???

Não há números exatos, mas o consumo de café no Circo Legislativo Municipal chegou a índices assustadores... Também não é possível mensurar quantos litros de energéticos foram utilizados, além de outros artifícios para espantar o sono...

Em meio a leitura sem fim a plateia se manifestava, sem atrapalhar muito, mas um ponto que chamou a atenção foi a quantidade de vezes que foi dito que a “vítima” teria feito “10 sessões” de fisioterapia... Pela quantidade de vezes que foi falado isso era possível refazer a denunciante desde a unha do pé ao ultimo fio de cabelo...

Outro ponto destoante era a animação do irmão do denunciado, que mesmo com a leitura chata e maçante, não perdia o entusiasmo, chegando a saltitar em alguns momentos...

Por mais que a defesa do acusado tentasse que o processo não fosse lido na íntegra, o Presidente MMarcos “Resistiu ao sono” Gasparetto, orientado pelo seu secretário jurídico Eliseu “glicemia” Borsari, fez com que o processo fosse lido em sua totalidade pelo “Chuchu”, pelo Professor Rogério, pelo Locutor Gláucio e pelo jornalista Carlinhos que não é do pastel!!!

Se a leitura maçante era pra espantar o povo, não deu muito certo, pois quando terminou ainda tinha público na galeria do CLM...

Mas depois da leitura sem fim que veio a parte animada da sessão de julgamento, mas este é assunto para o próximo episódio...

LEIA TAMBÉM