Boa noite! Sábado, 22/Jun./2024

Usina de Queiroz é multada em mais de R$ 80 mil após mortandade de peixes

Terça, 11 de Jun. de 2024
Fonte: G1

Uma usina de açúcar e álcool de Queiroz foi multada em R$ 84 mil pela Companhia de Saneamento Ambiental do Estado (Cetesp) por crime ambiental com infração gravíssima.

Segundo a companhia, a empresa Clealco é responsável pela mortandade de peixes no Rio Tibiriçá, que cruza a cidade de Queiroz. Técnicos constataram que os peixes morreram por falta de oxigênio na água, causado por águas residuais descartadas no rio.

No dia 27 de maio, a Polícia Ambiental e a Cetesb estiveram no município coletando amostras do rio. A Polícia Civil de Queiroz também abriu um inquérito para apurar a mortandade de várias espécies de peixes no local, e uma representação sobre o caso também foi entregue ao Ministério Público de São Paulo (MP-SP).

No último mês, moradores de Queiroz registraram uma grande quantidade de peixes de várias espécies mortos nas margens do Rio Tibiriçá. Segundo eles, o problema é recorrente e a principal suspeita era de que empresas da região estariam despejando resíduos de forma irregular no rio.

O estudo da Cetesb apontou a presença de vinhaça, um composto químico líquido que surge através do processo industrial de transformação de cana-de-açúcar em álcool.

Em nota, a Clealco informou que "todas as suas operações seguem práticas sustentáveis" e que "cumpre as normas regulamentadoras aplicáveis". A empresa também reforçou que "não executa ou incentiva ações que impactem negativamente o meio ambiente".

A companhia afirmou ainda que "possui um mapeamento detalhado de suas operações, e não encontrou nenhuma evidência que correlacione a empresa ao ocorrido", sendo que "o auto de infração recebido não conclui que o fato em questão tenha sido causado pela Clealco".

LEIA TAMBÉM