Bom dia! Segunda, 22/Abr./2024

Homem é detido por estuprar jovem com autismo em Marília

Quinta, 16 de Mar. de 2023
Fonte: Marília Notícias

Um homem, que não teve a identidade revelada, foi preso por estupro de vulnerável e violência doméstica nesta quarta-feira (15) em Marília. O caso ocorreu na zona Norte da cidade, mas o acusado acabou preso na Rodoviária de Echaporã, durante uma tentativa de fuga do flagrante.

A reportagem apurou que a Polícia Militar foi acionada pela mãe de uma garota de 15 anos, que tem transtorno do espectro autista (ETA), de “grau médio para severo”.

Em seu relato aos policiais, a mulher contou que mantinha um envolvimento amoroso com o acusado, que reside no estado do Paraná. O homem passa alguns dias em Marília na casa dela. Na última segunda-feira (13), de acordo com a mãe, a filha estava sozinha na residência na companhia do autor. Ao chegar em casa, a mulher encontrou a menina assustada no banheiro e desconfiou.

A responsável pela adolescente disse ter acreditado, em um primeiro momento, que o comportamento era decorrente do autismo. No entanto, nesta quarta-feira (15), por volta das 18h, a mãe relatou que o namorado saiu para ir ao banco e ela verificou que um dos celulares dele ficou na casa.

Segundo a mulher, neste aparelho foram encontrados dois vídeos, com cenas de sexo, em que ela reconheceu a filha e o homem.

A genitora filmou o vídeo com seu próprio celular e ligou para o namorado para questionar porque ele havia abusado da jovem.

De acordo com a mulher, o criminoso negou o fato e, em seguida, ela verificou que ele havia acabado de apagar o vídeo que estava armazenado no Google Fotos, através de um segundo aparelho.

Conforme a mãe da vítima, o autor não retornou para a casa dela e deixou seus pertences no local.

A mulher apresentou aos policiais o celular do namorado que estava em posse dela e como o segundo aparelho do acusado possui a mesma conta Google foi possível identificar que ele estava na Rodoviária de Echaporã.

Uma equipe policial foi até o local e encontrou o homem, que aguardava na plataforma de embarque. O autor foi abordado e com ele estava o segundo celular.

Questionado, o acusado negou o crime e disse que estava indo embora com medo da namorada. A polícia vistoriou o celular que estava com o homem e encontrou na galeria alguns vídeos pornográficos envolvendo crianças e adolescentes.

O pedófilo foi preso e encaminhado até a Central de Polícia Judiciária (CPJ) de Marília. A mãe da vítima entregou para a PM o celular do homem que estava em sua posse e também uma calcinha e blusa que foram reconhecidos como sendo as vestes que a menor usava quando foi abusada.

Os celulares do acusado vão passar por perícia e a delegada de plantão requereu a conversão da prisão em flagrante para preventiva. Ele deve ser encaminhado para a Penitenciária de Iaras.

LEIA TAMBÉM