Boa noite! Terça, 23/Abr./2024

Polícia Civil e Conselho Tutelar investigam caso de menina que deu à luz aos 13 anos em Assis

Quarta, 26 de Out. de 2022
Fonte: G1

A Polícia Civil e o Conselho Tutelar investigam o caso de uma menina de 13 anos que deu à luz no Pronto Atendimento do bairro Maria Izabel, em Assis, na tarde de terça-feira (25). A família não sabia que a adolescente estava grávida.

Segundo a Polícia Civil, a menina chegou ao local com dores na barriga e ânsia de vômito. Após exames, foi constatado que a adolescente estava grávida.

A Secretaria de Saúde confirmou que a adolescente sabia que estava grávida, mas não havia contado à família. O caso vai ser tratado como estupro de vulnerável por conta da idade da menina.

O professor especialista em direito penal Yuri Carneiro Coelho também disse que o caso deve ser tratado como estupro de vulnerável.

"Configura essa conduta com quem tem relação sexual com uma criança menor de 14 anos. Isso independe de consentimento, nada retira a condição de delito dessa conduta", afirmou.

 

À reportagem, equipes do Conselho Tutelar informaram que acionaram o Ministério Público (MP) nesta quarta-feira (26). A mãe da menina vai receber uma advertência.

Em nota, a Secretaria de Saúde ainda informou que a bebê e a menina passam bem. Um boletim de ocorrência foi registrado e a Polícia Civil vai investigar o caso.

LEIA TAMBÉM