Boa noite! Sexta, 23/Fev./2024

Campeonato Amador de 2023 tem equipe excluída e gera revolta de dirigentes

Sábado, 26 de Ago. de 2023
Fonte: Redação Mais Tupã!

O Campeonato Amador de 2023 da cidade de Tupã tem sido alvo de várias polêmicas, e a principal delas é a respeito da falta de segurança durante os jogos. O campeonato é organizado pela empresa C.R. Pereira Arbitragem e Eventos Esportivos e promovido pela Subsecretaria de Esportes de Tupã/SP.

No que tange a segurança dos jogos, em todas as rodadas foram registradas confusões, sendo a principal delas na abertura da 3ª  rodada no jogo entre Aldeia Vnuire e Red Bull, onde inclusive a equipe de arbitragem usou spray de pimenta contra os jogadores. E a empresa responsável em seu julgamento não aplicou punição alguma a equipe.

No último domingo, ainda pela 3ª rodada do Campeonato Amador de 2023 no jogo entre Ibirapuera e Aritana, após a marcação de um pênalti o jogador que cometeu a penalidade foi expulso por reclamação e deu um empurrão no juiz da partida (como pode ser visto no vídeo) e por este motivo a equipe do Ibirapuera foi eliminada da competição.

Vejamos o que foi relatado na súmula:

“Aos 80 minutos de jogo, após a marcação de um tiro penal contra a equipe do Ibirapuera o atleta n°15 WILLIAN CAIO DOS SANTOS foi advertido com cartão amarelo, pois proferiu as seguintes palavras “ vai se fuder, você só deu penalti porque mora no aritana”. Após levar o segundo cartão amarelo o atleta veio em minha direção proferindo um empurrãona altura do peito e consequentemente fi expulso, tentou uma nova agressão, conforme se pode verificar na transmissão daquela partida, e foi contido por seus companheiros.”

No relato da súmula se refere ao comportamento de um único atleta, sendo que posteriormente no julgamento relacionado ao fato foi proferida a seguinte sentença:


DESPACHO DA C. D. D (COMISSÃO DISCIPLINAR DESPORTIVA):- Após analisar toda a documentação e esclarecimentos, a C.D.D decidi enquadrar o atleta WILLIAN CAIO DOS SANTOS, nos artigos acima citados, suspendendo a parte pelo prazo de 720 dias, considerando as agressões praticados contra a equipe de arbitragem na partidão. Quanto ao time IBIRAPUERA está eliminado da competição vigente.

Dirigentes da equipe do Ibirapuera foram pegos de surpresa com a penalidade imposta ao time, por um ato do jogador, e questionam principalmente a disparidade no tratamento dado a outras equipes, que protagonizaram fatos mais graves e sequer foram punidas, inclusive em jogos da mesma rodada.

Em contato com o Subsecretário de Esportes Matheus Mendes, ele também se mostrou surpreso com a punição aplicada a equipe do Ibirapuera, e disse que orientou a equipe a procurar mecanismos legais para reverter essa punição, que ele julga exacerbada.

Mendes ainda relatou que a rodada deste final de semana segue normalmente, sendo suspenso apenas a partida entre Ibirapuera e Tabajaras.

Tentamos contato com a empresa responsável pela organização do campeonato, mas não obtivemos êxito.

Imagens cedidas: TV Oeste

LEIA TAMBÉM