Boa noite! Sábado, 22/Jun./2024

Parque Ecológico completa 4 anos sem uso

Quinta, 11 de Abr. de 2024
Fonte: Jornal Diário de Tupã

A Prefeitura de Tupã contratou a empresa Obracri Ltda., da cidade de Echaporã, por R$ 993.996,43, para ampliar a área de lazer e infraestrutura do Parque Ecológico "Izidoro Nechar", na baixada da Avenida Tamoios. 

O termo de homologação entre a prefeitura e a empresa foi assinado no dia 9 de outubro de 2023 e, passados mais de seis meses, poucos serviços avançaram no local. 

Segundo dados do Portal da Transparência, os primeiros pagamentos à empresa foram efetuados nos dias 2 de fevereiro de 2024 no valor de R$ 27.881,72 e no dia 6 de março de 2024, no valor de R$ 26.642,01, somando R$ 54.523,73, ou seja, 5,48% dos serviços contratados. 

O memorial descritivo da obra explica que o projeto conta com uma área do quiosque principal da praça de alimentação de 381,49 metros quadrados e seis quiosques individuais com 17,99 metros quadrados, totalizando 107,94 metros quadrados e palco com 20 metros quadrados. 

Os investimentos de quase R$ 1 milhão serão aplicados no quiosque central e palco, reforma de quiosques, passeio público, paisagismo e instalações elétricas. 

Vale lembrar que o Parque Ecológico recebe essas melhorias, mas nunca foi utilizado. A Prefeitura de Tupã finalizou as obras do parque no dia 1º de abril de 2020, há quatro anos, mas o espaço ainda não foi entregue à população. 
A inércia da prefeitura em utilizar o espaço fez moradores de rua se abrigarem no local. Os quiosques foram alvos de vandalismo e motivos de sátira por parte da população que, por diversas vezes, foi ao local para gravar vídeos em crítica à atual gestão. Como sempre faz, o prefeito ignora.

LEIA TAMBÉM