Boa tarde! Quinta, 29/Fev./2024

Campanha Nacional de Multivacinação é prorrogada em Tupã

Sexta, 5 de Nov. de 2021
Fonte: Assessoria

A Secretaria Municipal de Saúde informa que a Campanha Nacional de Multivacinação para crianças e adolescentes menores de 15 anos foi prorrogada no município até 30 de novembro. Agora, as crianças que estão com as carteiras de vacinação desatualizadas poderão procurar qualquer Unidade de Saúde até final deste mês e tomar as doses imunizantes atrasadas.

De acordo com informações da Pasta responsável, os funcionários da Saúde de todas as Unidades continuarão avaliando as carteiras de vacinação do público-alvo de segunda-feira à sexta-feira, das 7h30 às 16h30.

A chefe de setor de Vigilância Epidemiológica, Juliana Yuri, explicou que a Campanha da Multivacinação visa melhorar a cobertura vacinal das 16 vacinas que compõem o calendário nacional de imunizações.

“A continuação da Campanha é mais uma oportunidade dos pais e responsáveis pelas crianças verificarem se os pequenos precisam tomar alguma dose das vacinas do calendário nacional. Por isso, é muito importante que todos se atentem e levem as crianças até a Unidade de Saúde mais próxima ainda neste mês”, disse.

O titular da Secretaria de Saúde, Dr. Miguel Ângelo de Marchi, reforçou a importância dos pais estarem atentos a atualização das carteiras vacinais das crianças. “Com o período da pandemia e a diminuição da circulação de pessoas até mesmo nas Unidades de Saúde de Tupã e dos distritos, muitos pais deixaram de verificar as cadernetas e já não sabem quais vacinas os pequenos precisam tomar. Por isso, a Campanha não é somente para aqueles que não se vacinaram, mas também para a verificação da carteirinha e orientação sobre as próximas doses”, informou.

Miguel ainda ressaltou que é indispensável apresentar o documento de identidade e a caderneta de vacinação dos menores de 15 anos. “Mesmo com a certeza de que a caderneta está atualizada, pedimos para que todos levem os documentos necessários. Lembrando também que ainda estamos no período da pandemia e solicitamos que vá somente com um acompanhante por criança para evitar aglomerações nas Unidades”, pediu.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que a Campanha Nacional de Multivacinação para crianças e adolescentes menores de 15 anos foi prorrogada no município até 30 de novembro. Agora, as crianças que estão com as carteiras de vacinação desatualizadas poderão procurar qualquer Unidade de Saúde até final deste mês e tomar as doses imunizantes atrasadas.

De acordo com informações da Pasta responsável, os funcionários da Saúde de todas as Unidades continuarão avaliando as carteiras de vacinação do público-alvo de segunda-feira à sexta-feira, das 7h30 às 16h30.

A chefe de setor de Vigilância Epidemiológica, Juliana Yuri, explicou que a Campanha da Multivacinação visa melhorar a cobertura vacinal das 16 vacinas que compõem o calendário nacional de imunizações.

“A continuação da Campanha é mais uma oportunidade dos pais e responsáveis pelas crianças verificarem se os pequenos precisam tomar alguma dose das vacinas do calendário nacional. Por isso, é muito importante que todos se atentem e levem as crianças até a Unidade de Saúde mais próxima ainda neste mês”, disse.

O titular da Secretaria de Saúde, Dr. Miguel Ângelo de Marchi, reforçou a importância dos pais estarem atentos a atualização das carteiras vacinais das crianças. “Com o período da pandemia e a diminuição da circulação de pessoas até mesmo nas Unidades de Saúde de Tupã e dos distritos, muitos pais deixaram de verificar as cadernetas e já não sabem quais vacinas os pequenos precisam tomar. Por isso, a Campanha não é somente para aqueles que não se vacinaram, mas também para a verificação da carteirinha e orientação sobre as próximas doses”, informou.

Miguel ainda ressaltou que é indispensável apresentar o documento de identidade e a caderneta de vacinação dos menores de 15 anos. “Mesmo com a certeza de que a caderneta está atualizada, pedimos para que todos levem os documentos necessários. Lembrando também que ainda estamos no período da pandemia e solicitamos que vá somente com um acompanhante por criança para evitar aglomerações nas Unidades”, pediu.

LEIA TAMBÉM