Boa noite! Terça, 23/Abr./2024

Homem tenta furtar igreja, petshop e consultório médico e é preso pela Polícia Militar

Terça, 21 de Fev. de 2023
Fonte: Redação e Fotos: Mais Tupã!

Por volta das 02:00 horas desta terça-feira a Polícia Militar de Tupã foi acionada devido a um furto em andamento na Avenida Tabajaras, cruzamento com a Rua Mandaguaris. Rapidamente várias equipes policiais, que integravam o patrulhamento do Tupã Folia 2023 deslocaram-se para o atendimento. 

Chegando no local o indivíduo já não se encontrava por lá, mas de posse das características as equipes iniciaram patrulhamento com vistas ao infrator. 

O Sargento Valentim e o Soldado J. Santos, durante o patrulhamento, pela Rua Mandaguaris avistaram o indivíduo no momento que ele quebrava a porta de blindex da Igreja Nossa Senhora Auxiliadora. Ao avistar a viatura policial o indivíduo saiu em desabalada carreira, sendo acompanhado pelos policiais, e sendo realizado um cerco que resultou na prisão do indivíduo, com a participação de várias equipes policiais. 

O indivíduo confessou aos policiais a tentativa de furto contra com um petshop no cruzamento da Rua Mandaguaris com Avenida Tabajaras, também confessou o dano e tentativa de furto em um consultório médico na Rua Guainazes e também o dano na Igreja Nossa Senhora Auxiliadora, todos os delitos nesta madrugada. 

Ele também confessou um furto ocorrido na madrugada de segunda-feira na Rua Nhambiquaras contra um escritório. O indivíduo relatou ser usuário de entorpecentes e realiza os crimes para manter seu vício, sendo que ele deixou o sistema penitenciário no início do mês de fevereiro. 

Vale destacar o empenho de diversas equipes policiais para prisão do indivíduo, como as equipes de Força Tática, Rádio Patrulahmento e DEJEM. O Capitão André Vander havia destacado em entrevista ao Portal Mais Tupã! que haveria uma intensificação de patrulhamento nas imediações do circuito carnavalesco para evitar os crimes contra o patrimônio, e como podemos ver surtiu efeito resultando na prisão do indivíduo em flagrante delito, confirmada após a apresentação do caso na Central de Polícia Judiciária. 

LEIA TAMBÉM