Boa noite! Segunda, 15/Abr./2024

Tupã F.C. encerra sua participação na Copinha 2024 sem marcar nenhum gol

Terça, 9 de Jan. de 2024
Fonte: Redação Mais Tupã! Fotos: Diego Pereira

Na tarde desta terça-feira, o Tupã Futebol Clube encerrou sua participação na Copa São Paulo de Futebol Clube (Copinha) enfrentando o Atlético Goianiense no Estádio Municipal Alonso de Carvalho Braga, conhecido como Alonsão. O confronto não apenas selou a despedida do TFC do torneio, mas também simbolizou uma campanha difícil, na qual a equipe não conseguiu marcar nenhum gol.

O Tupã F.C estreou na competição, enfrentando o Guarani, e acabou sendo derrotado por 2 a 0. O segundo confronto, na segunda rodada, não trouxe alívio, pois o Operário-PR também venceu por 2 a 0, consolidando a eliminação precoce do Tupã.

A partida contra o Atlético Goianiense, apesar de não ter impacto na classificação, era uma oportunidade para o Tupã F.C buscar uma vitória para encerrar a participação na Copinha de forma mais positiva. No entanto, o time não conseguiu superar o adversário, sofrendo uma derrota de 3x0.

O Tupã ainda teve a chance de marcar um gol de honra, mas Cauã Silvestre bateu forte, mas no meio do gol, e foi defendido pelo goleiro do Atlético Goianiense. Já são 11 jogos pela Copa São Paulo de Futebol Júnior. 

Polêmicas

Ainda durante a partida o Diretor do Tupã Futebol Clube, Gilson Menezes, que também é marido da Presidente Fabiane Bizo Menezes, acabou se envolvendo em uma confusão nas arquibancadas do Alonsão, e trocou agressões com torcedores. O clima só esfriou com a intervenção da equipe de segurança. A confusão teria sido motivada pela insatisfação de familiares de jogadores e torcedores. 

Já com o término do jogo alguns jogadores reclamaram para torcedores que haviam pago para poder jogar, mas que não haviam sido colocado em campo, pois outros jogadores teriam pago valores maiores. 

O próprio técnico do Tupã Futebol Clube disse para torcedores que ele tem que obedecer ordens, e não tem autonomia para escalar o time. Alguns pais de atletas também fizeram duras críticas a Diretoria do TFC, neste mesmo sentido, onde supostamente pagariam para que seus filhos entrassem em campo. 

LEIA TAMBÉM