BrindeCef
28/02/2016

Caçadores presos

Polícia Militar Ambiental surpreende dois homens realizando caça de animais silvestres na zona rural de Tupã.


Policiais ambientais realizavam patrulhamento nas proximidades da Fazenda Bandeira, localizada na Vicinal Tupã - Quatá, quando suspeitaram de marcas de pneus em meio ao canavial. Os policiais seguiram as marcas e encontraram um veículo estacionado, sem ninguém por perto, mas com marcas de pegada que iam para o meio da vegetação. 



Os policiais em um trabalho de paciência e astúcia ficaram no local por aproximadamente quatro horas até o retorno de dois homens, que não percebendo a presença dos policiais comentavam sobre a caçada realizada e sobre os planos futuros para o abate de animais silvestres. 


Ao chegarem no veículo foram surpreendidos pelos policiais que em busca pessoal encontraram três facas, uma lanterna, um capuz e uma munição calibre 28 recarregada. Nas facas havia vestígios de sangue e pelos de animais. Ao serem questionados a respeito da munição, os homens confessaram que estavam caçando e que a arma utilizada estava escondida em meio a vegetação.  Os homens conduziram os policiais até próximo a uma represa onde sob a vegetação estava uma espingarda calibre 28 escondida. 


Os homens foram conduzidos a Central de Polícia Judiciária, onde serão ouvidos e a autoridade policial irá tomar as medidas cabíveis, uma vez que os homens confessaram que estavam caçando, e foi apreendida munição e uma arma em poder deles. 


Redação Mais Tupã!

Fotos: Diego Pereira - Mais Tupã!
Voltar ao Topo